, , , , , , ,

O Sucesso através do Perdão

Muitas pessoas desejam crescimento pessoal e profissional, e são levadas a buscar cursos e experiências que promovam um dos mais importantes fatores neste caminho: o autoconhecimento.

É mais do que comprovado que, quando uma pessoa se autoconhece, possuindo completa ciência de quais são seus pontos fortes e pontos fracos, é capaz de se desenvolver de forma mais focada e assertiva.

Em virtude disso, este artigo tem como objetivo trazer outro importante e até então ignorado fator na dolorosa jornada do autoconhecimento: O PERDÃO.

Uma das melhores definições para a palavra Perdão está evidenciada abaixo:

“O perdão é o esquecimento completo e absoluto das ofensas, vem do coração, é sincero, generoso e não fere o amor próprio do ofensor. Não impõe condições humilhantes, tampouco é motivado por orgulho ou ostentação. O verdadeiro perdão se reconhece pelos atos e não pelas palavras”

Responda rapidamente:

O que você entende por perdão?

O que você acredita sobre perdão?

O quanto você pratica o perdão na sua vida pessoal e profissional?

Agora, leia com atenção os 3 tipos de perdão abaixo e reflita sobre o que isso tem a ver com você.

VOCÊ x VOCÊ

A história que lhe trouxe até aqui é composta de experiências positivas e negativas.

Para honrar e respeitar sua própria história, segundo José Roberto Marques (Ceo do Intituto Brasileiro de Coaching), é preciso perdoar-se completamente, perdoar-se de todas as vezes que fez mal a si mesmo, e entender que foram seus erros e falhas lhe fizeram crescer.

De agora em diante, liberte-se de tudo aquilo que lhe incomoda, retarda ou freia seu crescimento e desenvolvimento. Valorize seus aprendizados.

VOCÊ X AS PESSOAS

Pense em todas as pessoas que, ao longo da sua vida pessoal e profissional, tentaram lhe prejudicar, derrubar ou destruir.

Desejo de vingança, ressentimento e ódio são sentimentos negativos e consomem mais energia e tempo seu do que das pessoas que originaram esses sentimentos.

Sentir-se dessa forma é como tomar um veneno e desejar que o outro morra.

Como esses sentimentos estão conectados com o tipo de ser humano que você gostaria de ser para as pessoas?

Qual o impacto que você gostaria de causar nas pessoas que passarem por sua vida?

Será que vale mesmo a pena nutrir e cultivar essas sensações durante muito tempo?

A conta chega para todos, assim como chega ou já chegou para você. Tudo o que as pessoas fazem é visto por alguém.

Liberte-se das amarras que lhe puxam para trás.

HORA DO CONSERTO:

Pense em todas as vezes que você pode ter tentado, de maneira consciente ou inconsciente, prejudicar os outros.

Uma palavra ríspida, um comportamento de desprezo, de menosprezo, de injúria, alguém que você não ajudou a se desenvolver, ou ainda permitiu que fosse para o fogo. Lembre-se de toda dor que possa ter gerado.

Conecte-se com essas pessoas e definitivamente entenda que você deixa uma marca em cada um que interage durante sua vida.

Que tipo de marca você gostaria de deixar?

Você não possui o poder de voltar e ajustar sua história, mas com certeza possui o lápis da sabedoria para desenhar o que fará com seu futuro.

Como reflexão final, leia o poema abaixo do escritor Edward Everett

Sou apenas um;

Mas ainda sou um.

Não posso fazer tudo

Mas ainda posso fazer algo;

E como não posso fazer tudo

Não me recusarei a fazer tudo aquilo que posso fazer.

 

Perdoe-se!                               Perdoe os outros!                                      Peça perdão!

 

Agindo agora, você com certeza irá impactar o amanhã.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *