, , ,

Prova Social

Se algum dia você ouviu a expressão: “se seu amigo se jogar da ponte, por acaso você também se jogaria?”, é sinal que esse artigo servirá para você. O que falaremos hoje é sobre o impressionante fenômeno denominado “Prova Social” e, principalmente, o poder que tem para influenciar as pessoas.

Na busca por definir o certo ou o errado, o bom ou o ruim, partimos para a observação de como as pessoas agem à nossa volta. É assim que o princípio da prova social é ativado e, quem influencia consegue resultados extraordinários de quem é influenciado facilmente, afinal o que as pessoas fazem é o que se deve fazer.

Buscamos a Prova Social quando nos sentimos seguros ou em total zona de conforto, e as referencias vindas do ambiente são norteadores de nossas ações. Vejamos alguns exemplos:

Um carro lançado recentemente contou, como principal ação de marketing, com os depoimentos dos consumidores que já haviam adquirido o modelo, destacando-se os benefícios e as vantagens do carro novo, ativando os compradores em potencial que se identificavam o princípio da semelhança de objetivos na compra, influenciando-os a comprar com o seguinte pensamento: “se deu certo com eles, por que não dará comigo? Afinal, buscamos as mesmas coisas”.

Na rede de locadora mais famosa do País, os filmes mais alugados são os da lista Top 10. Através da simples divulgação da lista, aumentou-se em 50% o número de locações destes lançamentos. O cliente acessa o site, vê a lista que é quinzenalmente atualizada e escolhe seu filme, o que lhe proporciona maior agilidade, sem perder preciosos minutos na locadora e no trânsito.

Na Internet, alguns blogs, sites e twitters têm como principal ação de marketing o número de seguidores, levando milhões de internautas a seguirem esses portais pensando: “se tantas pessoas seguem, é porque é bom”, deixando de lado fatores como importância do conteúdo, idoneidade, dentre outros.

Semana passada, estava no trânsito na Marginal Tietê quando o carro à minha frente deu sinal para entrar no acesso à direita. Como era também o meu acesso, imediatamente quase que por sincronia liguei o pisca alerta.

Até aí, tudo bem, mas o que estava por vir foi o fato curioso: O motorista que estava atrás de mim, quando viu que os dois carros que estavam à frente deram sinal à direita, concluiu que tinha algo errado, que tínhamos informações que ele não tinha e, por via das dúvidas, também ligou o sinal e pegou o mesmo acesso. O 4º, 5º e o 6º carros seguiram o mesmo raciocínio, sem se certificarem se estavam ou não errados seguindo os da frente. Não estavam preocupados se estavam pegando o acesso errado, perdendo tempo, gerando estresse, apenas agindo igual aos da frente sem se dar conta da Prova Social que os tinha Influenciado a agir daquela maneira.

Podemos ficar citando inúmeros exemplos, mas a realidade mostra que milhões de pessoas, todos os dias, são influenciadas através da Prova Social, deixando de questionar, pensar e até mesmo de agir da forma que querem pelo simples fato de buscar nos outros os caminhos a serem seguidos. Cuidado! Você pode estar sendo influenciado simplesmente por ler este artigo.

Para agir da melhor maneira é preciso sempre pensar sobre o melhor caminho. Nos momentos de insegurança não se deixe levar pelo ambiente, avalie todos os cenários para tomar a melhor decisão, assim você será o principal personagem da sua historia.

Valide se você possui todas as informações para tomar uma decisão, seja ela a mais simples ou a mais complexa. Você constrói o seu ambiente, lembre-se disso.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *