, , , ,

A Coragem em Realizar Seus Sonhos!

O Amigo de um amigo MEU estava ministrando aulas de Educação Física em 1995, como professor em uma escola municipal, para crianças de 7 a 16 anos em uma cidade do interior de SP.

Certo dia, ele estava em uma de suas últimas aulas do dia quando perguntou para um jovem de 14 anos o que ele sonhava. Aquele jovem então questionou o professor sobre o que era sonhar? Porque aquela pergunta?

O professor insistiu se tinha algo que ele gostaria de comprar. Algum lugar que gostaria de conhecer? Algo que desejaria fazer? O que queria ganhar de presente? E como o garoto não sabia o que era sonhar?

O Garoto pensou e respondeu: -Sôr… meu sonho é conhecer um restaurante! Desses que nós vemos nas novelas, que as pessoas podem comer a vontade!

O professor, meio surpreso, disse ao garoto que gostaria de conhecer seus pais e pedir autorização para levá-lo ao restaurante e realizar seu sonho. Começava ali uma das maiores lições da vida daquele professor!

Ele foi com o garoto até sua casa, encontrando uma difícil realidade. A família do garoto passava necessidades e tinha, como única refeição do dia, a merenda de sua escola.

Após uma conversa com a mãe do garoto, descobriu que o pai abandonou aquela família. A realidade ficava cada vez mais e mais triste. Descobriu ainda que armazenavam água da chuva em potes de manteiga vazios na geladeira que, ao se transformar em pedras de gelo, serviam de jantar.

Dois dias após, o professor e seus dois estagiários passaram na casa do garoto e o levaram para um restaurante. O garoto ficou maravilhado. Disse que foi um dos dias mais felizes de sua vida. Comeu tanto que nem dormiu direito de tanta felicidade.

Aquela ação gerou um sentimento de realização também no professor. Tão fácil, e ainda trazia tamanha sensação!

Nas duas semanas seguintes, aquele professor realizou outros sonhos, todos com crianças. Um destaque para uma garotinha que tinha como sonho deliciar-se pela primeira vez com uma lasanha. Outro para um garoto que jamais teve um par de tênis novos só para si.

O professor logo concluiu que era preciso entender quais eram seus sonhos e por onde começá-los, usando um dos maiores atalhos para a realização de sonhos: A CORAGEM.

A palavra CORAGEM vem do latim Coraticum, derivado de Cor ou Coração, possui em sua estrutura elementos como suas emoções, sua mente, suas ações e principalmente sua essência.

Muito se fala que é preciso ter sonhos para depois encontrar a coragem de correr atrás deles e encontrar uma força ainda maior, a chamada atitude para pagar o preço desse sonho ou desses sonhos.

Cesar Souza diz assim como o título de seu livro “Você é do tamanho de seus sonhos”;

Se você sonhar alto, a possibilidade de um resultado alto é bem maior do que quando você sonhar baixo, pois os esforços serão proporcionais ao tamanho do seu sonho.

Algumas pessoas passam a vida toda sonhando e, quando entendem o preço a ser pago, as ações práticas e mudanças de comportamentos necessárias para realizar esses sonhos, ou mudam seus sonhos ou ainda desistem deles.

Outros entendem que o tamanho de seus sonhos é definitivamente maior do que as ações para realizá-lo.

E você?

Para ajudar esse professor a encontrar suas respostas, um Coach montou o seguinte roteiro:

 

01) Qual o tamanho de sua CORAGEM neste momento?

02) O quanto é importante ter sonhos?

03) O que você ganha com isso?

04) O que você perde com isso?

05) Quais são seus sonhos na vida pessoal?

06) Quais são seus sonhos na vida profissional?

07) Como seria se já os tivesse realizado? O que você teria que não tem hoje? Como estariam suas Emoções, Sentimentos, Ações e sua Essência?

08) Após responder as questões acima, quais sonhos você irá correr atrás a partir de hoje?

09) Quais ações e comportamentos você deve começar a fazer a partir de agora?

10) O que você deve parar de fazer? Começar a fazer? Fazer mais? E continuar fazendo?

11) O que pode lhe atrapalhar? O que irá fazer para isso não lhe atrapalhe?

12 ) Como você poderá medir seu progresso durante a jornada, e que enfim realizou seus sonhos? Utilize métricas e indicadores para corrigir ou confirmar a rota.

Roberto Bolanhos , conhecido mundialmente pelo seu personagem”Chaves”,  alcançou sucesso somente após os 42 anos de idade. Ele afirma que uma pessoa com 80 anos de vida, que ainda sonha, é e será eternamente mais jovem do que uma de 15, que não possui a CORAGEM de sonhar.

Como está agora sua CORAGEM de sonhar AGORA?

, , ,

A Lição de R$ 720.000,00

O Amigo de um amigo Meu, decidiu que iria realizar um de seus maiores sonhos: conhecer a Disney World com sua família.  Começava a fase de muitas perguntas e poucas respostas: Quando iria? Onde ficaria hospedado? Por qual Cia aérea iria? Qual parque conheceria primeiro? Iria alugar um carro? E, para isso, decidiu que precisava de ajuda e foi até um shopping em São Paulo, encontrar uma agência daquelas que fazem tudo por 10x sem juros!!! Com varias fotos de lugares lindos na vitrine e atendimento diferenciado.

Naquele dia, ele passou por 3 grandes agências dessas que são franquias espalhadas em vários shoppings de todo País, agindo da mesma forma em todas elas, deixou uma folha com tudo o que precisava, com todos seus dados para contato e tudo o que iria e gostaria de fazer em sua viagem.

Duas delas deram pronto retorno e se colocaram a disposição para tirar dúvidas e ajudá-lo no que fosse preciso, a terceira, não deu retorno.

Ele ficou incomodado com a situação e voltou à terceira loja encontrando a mesma atendente que o tinha atendido na primeira vez.  Perguntou se era comum esse tipo de orçamento e a resposta dela foi que pelo menos 15 orçamentos com o mesmo escopo eram solicitados todos os meses.

Ela pediu desculpas e ainda se comprometeu a enviar naquele mesmo dia o orçamento, ele entendendo que ela poderia estar um pouco enrolada, deu mais uma chance e ainda acrescentou no pedido mais um casal de amigos com sua filha, dobrando o orçamento para 4 adultos + 2 crianças com todo pacote somente da parte terrestre chegando a soma de aproximadamente R$ 12.000,00.

A conta é simples, vamos entender que a taxa de pessoas que assim como ele não recebam seu orçamento seja de conservadores 30%, ou seja, aproximadamente 5 em cada 15, somando um valor total de R$ 60.000,00 ao mês e de aproximadamente R$ 720.000,00 ao ano.

O valor é praticamente 3x o de investimento inicial para abrir uma nova franquia dessa mesma loja, imagine isso?

Ao tentar entender essa simples história, deparamos com uma enorme estatística de clientes não atendidos, vendas não realizadas e queda no índice de crescimento de empresas de variados segmentos que repetem comportamentos como esse todos os dias.

Nunca foi tão forte o conceito de que o colaborador deve de fato Agir como dono do negócio, de parar para pensar e refletir que se aquele negócio fosse dele, ele agiria daquela forma? Não dando retorno, esquecendo-se do cliente e principalmente deixando de faturar aquele montante?

Do outro lado da mesa, ao tomar conhecimento sobre esses números, muitos chefes iriam demitir sem pensar esses colaboradores, outros iriam ter aquela conversa nada agradável, o chamado Feedcraw! Julgando e apontando o erro das pessoas como uma ferida de forma destrutiva.

Alguns iriam tentar entender o porquê e mostrar as consequências desses porquês, tanto positiva quanto negativamente.

Somente poucos iriam chamar esse colaborador, mostrar o quanto ele é importante para o negócio, o poder que ele tem em suas mãos e o quanto ele está disposto como Líder a desenvolvê-lo como profissional, treiná-lo para aproveitar e criar novas oportunidades,  desenvolvendo uma nova abordagem comercial, dando atenção ao cliente de maneira única, criando um relacionamento de confiança duradouro e não só trazer esses R$ 720.000,00 aumentando a régua e principalmente de forma interdependente, construindo juntos em parceria como poderiam atingir R$ 1.000.000,00.

Pode parecer que esse último exemplo foi tirado da terra do nunca ou até dos contos de fadas, mas é ele que poderá se aproximar de uma pessoa comum e junto dela construir resultados  extraordinários.

Sua empresa ou área pode estar passando por isso e qual será sua decisão de agora em diante? Fazer o mínimo como dar retorno a um cliente é tão básico que até você como líder pode estar negligenciando não dando o devido retorno para seus liderados.

Como líder, se você quer que sua equipe esteja mais próxima de seus clientes, comece por você estando mais próximo e entendendo sua equipe.