Pasta compostas de artigos

, , ,

O Branding na Liderança

Branding é um termo usado para a gestão da marca.

A Gestão de uma Marca está relacionada com a criação e a manutenção da confiança, o que implica no cumprimento de promessas. As melhores Marcas, as de maior sucesso, são completamente coerentes.

No seu caso, como um Líder, pense em como você anda trabalhando o seu Branding (Gestão de sua Marca) e como isso pode impulsionar positivamente o impacto em seus liderados.

Seu nome é seu bem mais valioso!

É muito comum pessoas levarem anos para construir bons nomes, que dispensam apresentações e são sinônimos de sucesso. Anos a fio, sendo íntegros, passando a imagem de seres superiores, tornando-se referência para outras pessoas.

Veja o exemplo de Lance Armstrong, um dos maiores atletas de todos os tempos.

Lance venceu por diversas vezes o Tour da França, uma das maiores competições do ciclismo mundial. Teve câncer, mas foi curado. Criou a “Fundação Lance Armstrong” para a luta contra o câncer. Relatou a sua própria história em vários livros, para demonstrar que se pode superar tudo, desde que se direcione a energia necessária. O seu primeiro livro “It’s not about the bike” vendeu milhares de exemplares, êxito que foi repetido com a sua biografia “Vontade de Vencer – A Minha Corrida contra o câncer”.

Em 2012, foi banido do esporte eternamente, desclassificado de todos seus resultados obtidos desde agosto de 1998, pelo uso e distribuição de Dopagem bioquímica (Doping).

Seu nome foi criado sem ser fixado na rocha chamada “valores”. Estando uma vez fixado nas areias de mentiras, desconfianças e doping, veio um vendaval e acabou com tudo.

A conta chegou e o preço foi mais do que ser banido do esporte e perder os milhões de dólares em prêmios. Levou para o ralo seu maior bem, Sua Integridade!

Agora pense, quais valores as pessoas associam a seu nome? Seu nome está sendo construído sobre uma rocha, com valores bem definidos que direcionam seus comportamentos, ou na areia, com atalhos que passam por cima de seus valores, de sua integridade, para uma ascensão na carreira?

As ações validam a marca.

Walt Elias Disney, fundador da Walt Disney World, buscava deixar sua marca em tudo o que colocava as mãos.

Hoje, sem dúvida, a Walt Disney é um dos lugares mais incríveis do mundo. Não só pelos maravilhosos parques. Eles procuram encantar e surpreender cada cliente que passa por ali. Focam em pequenos detalhes para que seus visitantes saiam sempre muito mais felizes do que quando entraram.

Walt Disney conseguiu passar seu entusiasmo para seus colaboradores através de uma visão inspiradora. Todos trabalham entusiasmados todos os dias.

Assim como Disney, de que forma você encanta as pessoas e como gostaria de ser reconhecido por elas?

Abaixo, seguem algumas dicas para você refletir, praticar e melhorar a marca que você está deixando nas pessoas:

Encoraje as pessoas! As pessoas vão seguir quem as motive e as coloque para cima;

Goste das pessoas! Um líder que não gosta de gente terá prazo de validade em seus resultados;

Seja um bom ouvinte! Uma das melhores maneiras de se conhecer uma pessoa pode ser ouvindo sua história pessoal e profissional até o final, sem interrompê-la;

Seja um bom exemplo! Tenha coerência entre o que fala e o que faz;

Construa sua confiabilidade! Para tornar-se confiável, confie primeiro nas pessoas (até que elas provem o contrário). De acordo com a lei da reciprocidade, é preciso dar um voto de confiança para merecer o seu.

As ações de mudança em seus comportamentos irão validar no futuro o tipo de marca que quer deixar nas pessoas.

“A mudança é a lei da vida. E aqueles que apenas olham para o passado ou para o presente irão, com certeza, perder o futuro.”

John Kennedy

, , , , , , ,

O Sucesso através do Perdão

Muitas pessoas desejam crescimento pessoal e profissional, e são levadas a buscar cursos e experiências que promovam um dos mais importantes fatores neste caminho: o autoconhecimento.

É mais do que comprovado que, quando uma pessoa se autoconhece, possuindo completa ciência de quais são seus pontos fortes e pontos fracos, é capaz de se desenvolver de forma mais focada e assertiva.

Em virtude disso, este artigo tem como objetivo trazer outro importante e até então ignorado fator na dolorosa jornada do autoconhecimento: O PERDÃO.

Uma das melhores definições para a palavra Perdão está evidenciada abaixo:

“O perdão é o esquecimento completo e absoluto das ofensas, vem do coração, é sincero, generoso e não fere o amor próprio do ofensor. Não impõe condições humilhantes, tampouco é motivado por orgulho ou ostentação. O verdadeiro perdão se reconhece pelos atos e não pelas palavras”

Responda rapidamente:

O que você entende por perdão?

O que você acredita sobre perdão?

O quanto você pratica o perdão na sua vida pessoal e profissional?

Agora, leia com atenção os 3 tipos de perdão abaixo e reflita sobre o que isso tem a ver com você.

VOCÊ x VOCÊ

A história que lhe trouxe até aqui é composta de experiências positivas e negativas.

Para honrar e respeitar sua própria história, segundo José Roberto Marques (Ceo do Intituto Brasileiro de Coaching), é preciso perdoar-se completamente, perdoar-se de todas as vezes que fez mal a si mesmo, e entender que foram seus erros e falhas lhe fizeram crescer.

De agora em diante, liberte-se de tudo aquilo que lhe incomoda, retarda ou freia seu crescimento e desenvolvimento. Valorize seus aprendizados.

VOCÊ X AS PESSOAS

Pense em todas as pessoas que, ao longo da sua vida pessoal e profissional, tentaram lhe prejudicar, derrubar ou destruir.

Desejo de vingança, ressentimento e ódio são sentimentos negativos e consomem mais energia e tempo seu do que das pessoas que originaram esses sentimentos.

Sentir-se dessa forma é como tomar um veneno e desejar que o outro morra.

Como esses sentimentos estão conectados com o tipo de ser humano que você gostaria de ser para as pessoas?

Qual o impacto que você gostaria de causar nas pessoas que passarem por sua vida?

Será que vale mesmo a pena nutrir e cultivar essas sensações durante muito tempo?

A conta chega para todos, assim como chega ou já chegou para você. Tudo o que as pessoas fazem é visto por alguém.

Liberte-se das amarras que lhe puxam para trás.

HORA DO CONSERTO:

Pense em todas as vezes que você pode ter tentado, de maneira consciente ou inconsciente, prejudicar os outros.

Uma palavra ríspida, um comportamento de desprezo, de menosprezo, de injúria, alguém que você não ajudou a se desenvolver, ou ainda permitiu que fosse para o fogo. Lembre-se de toda dor que possa ter gerado.

Conecte-se com essas pessoas e definitivamente entenda que você deixa uma marca em cada um que interage durante sua vida.

Que tipo de marca você gostaria de deixar?

Você não possui o poder de voltar e ajustar sua história, mas com certeza possui o lápis da sabedoria para desenhar o que fará com seu futuro.

Como reflexão final, leia o poema abaixo do escritor Edward Everett

Sou apenas um;

Mas ainda sou um.

Não posso fazer tudo

Mas ainda posso fazer algo;

E como não posso fazer tudo

Não me recusarei a fazer tudo aquilo que posso fazer.

 

Perdoe-se!                               Perdoe os outros!                                      Peça perdão!

 

Agindo agora, você com certeza irá impactar o amanhã.

, , , ,

A Coragem em Realizar Seus Sonhos!

O Amigo de um amigo MEU estava ministrando aulas de Educação Física em 1995, como professor em uma escola municipal, para crianças de 7 a 16 anos em uma cidade do interior de SP.

Certo dia, ele estava em uma de suas últimas aulas do dia quando perguntou para um jovem de 14 anos o que ele sonhava. Aquele jovem então questionou o professor sobre o que era sonhar? Porque aquela pergunta?

O professor insistiu se tinha algo que ele gostaria de comprar. Algum lugar que gostaria de conhecer? Algo que desejaria fazer? O que queria ganhar de presente? E como o garoto não sabia o que era sonhar?

O Garoto pensou e respondeu: -Sôr… meu sonho é conhecer um restaurante! Desses que nós vemos nas novelas, que as pessoas podem comer a vontade!

O professor, meio surpreso, disse ao garoto que gostaria de conhecer seus pais e pedir autorização para levá-lo ao restaurante e realizar seu sonho. Começava ali uma das maiores lições da vida daquele professor!

Ele foi com o garoto até sua casa, encontrando uma difícil realidade. A família do garoto passava necessidades e tinha, como única refeição do dia, a merenda de sua escola.

Após uma conversa com a mãe do garoto, descobriu que o pai abandonou aquela família. A realidade ficava cada vez mais e mais triste. Descobriu ainda que armazenavam água da chuva em potes de manteiga vazios na geladeira que, ao se transformar em pedras de gelo, serviam de jantar.

Dois dias após, o professor e seus dois estagiários passaram na casa do garoto e o levaram para um restaurante. O garoto ficou maravilhado. Disse que foi um dos dias mais felizes de sua vida. Comeu tanto que nem dormiu direito de tanta felicidade.

Aquela ação gerou um sentimento de realização também no professor. Tão fácil, e ainda trazia tamanha sensação!

Nas duas semanas seguintes, aquele professor realizou outros sonhos, todos com crianças. Um destaque para uma garotinha que tinha como sonho deliciar-se pela primeira vez com uma lasanha. Outro para um garoto que jamais teve um par de tênis novos só para si.

O professor logo concluiu que era preciso entender quais eram seus sonhos e por onde começá-los, usando um dos maiores atalhos para a realização de sonhos: A CORAGEM.

A palavra CORAGEM vem do latim Coraticum, derivado de Cor ou Coração, possui em sua estrutura elementos como suas emoções, sua mente, suas ações e principalmente sua essência.

Muito se fala que é preciso ter sonhos para depois encontrar a coragem de correr atrás deles e encontrar uma força ainda maior, a chamada atitude para pagar o preço desse sonho ou desses sonhos.

Cesar Souza diz assim como o título de seu livro “Você é do tamanho de seus sonhos”;

Se você sonhar alto, a possibilidade de um resultado alto é bem maior do que quando você sonhar baixo, pois os esforços serão proporcionais ao tamanho do seu sonho.

Algumas pessoas passam a vida toda sonhando e, quando entendem o preço a ser pago, as ações práticas e mudanças de comportamentos necessárias para realizar esses sonhos, ou mudam seus sonhos ou ainda desistem deles.

Outros entendem que o tamanho de seus sonhos é definitivamente maior do que as ações para realizá-lo.

E você?

Para ajudar esse professor a encontrar suas respostas, um Coach montou o seguinte roteiro:

 

01) Qual o tamanho de sua CORAGEM neste momento?

02) O quanto é importante ter sonhos?

03) O que você ganha com isso?

04) O que você perde com isso?

05) Quais são seus sonhos na vida pessoal?

06) Quais são seus sonhos na vida profissional?

07) Como seria se já os tivesse realizado? O que você teria que não tem hoje? Como estariam suas Emoções, Sentimentos, Ações e sua Essência?

08) Após responder as questões acima, quais sonhos você irá correr atrás a partir de hoje?

09) Quais ações e comportamentos você deve começar a fazer a partir de agora?

10) O que você deve parar de fazer? Começar a fazer? Fazer mais? E continuar fazendo?

11) O que pode lhe atrapalhar? O que irá fazer para isso não lhe atrapalhe?

12 ) Como você poderá medir seu progresso durante a jornada, e que enfim realizou seus sonhos? Utilize métricas e indicadores para corrigir ou confirmar a rota.

Roberto Bolanhos , conhecido mundialmente pelo seu personagem”Chaves”,  alcançou sucesso somente após os 42 anos de idade. Ele afirma que uma pessoa com 80 anos de vida, que ainda sonha, é e será eternamente mais jovem do que uma de 15, que não possui a CORAGEM de sonhar.

Como está agora sua CORAGEM de sonhar AGORA?

, , ,

A Lição de R$ 720.000,00

O Amigo de um amigo Meu, decidiu que iria realizar um de seus maiores sonhos: conhecer a Disney World com sua família.  Começava a fase de muitas perguntas e poucas respostas: Quando iria? Onde ficaria hospedado? Por qual Cia aérea iria? Qual parque conheceria primeiro? Iria alugar um carro? E, para isso, decidiu que precisava de ajuda e foi até um shopping em São Paulo, encontrar uma agência daquelas que fazem tudo por 10x sem juros!!! Com varias fotos de lugares lindos na vitrine e atendimento diferenciado.

Naquele dia, ele passou por 3 grandes agências dessas que são franquias espalhadas em vários shoppings de todo País, agindo da mesma forma em todas elas, deixou uma folha com tudo o que precisava, com todos seus dados para contato e tudo o que iria e gostaria de fazer em sua viagem.

Duas delas deram pronto retorno e se colocaram a disposição para tirar dúvidas e ajudá-lo no que fosse preciso, a terceira, não deu retorno.

Ele ficou incomodado com a situação e voltou à terceira loja encontrando a mesma atendente que o tinha atendido na primeira vez.  Perguntou se era comum esse tipo de orçamento e a resposta dela foi que pelo menos 15 orçamentos com o mesmo escopo eram solicitados todos os meses.

Ela pediu desculpas e ainda se comprometeu a enviar naquele mesmo dia o orçamento, ele entendendo que ela poderia estar um pouco enrolada, deu mais uma chance e ainda acrescentou no pedido mais um casal de amigos com sua filha, dobrando o orçamento para 4 adultos + 2 crianças com todo pacote somente da parte terrestre chegando a soma de aproximadamente R$ 12.000,00.

A conta é simples, vamos entender que a taxa de pessoas que assim como ele não recebam seu orçamento seja de conservadores 30%, ou seja, aproximadamente 5 em cada 15, somando um valor total de R$ 60.000,00 ao mês e de aproximadamente R$ 720.000,00 ao ano.

O valor é praticamente 3x o de investimento inicial para abrir uma nova franquia dessa mesma loja, imagine isso?

Ao tentar entender essa simples história, deparamos com uma enorme estatística de clientes não atendidos, vendas não realizadas e queda no índice de crescimento de empresas de variados segmentos que repetem comportamentos como esse todos os dias.

Nunca foi tão forte o conceito de que o colaborador deve de fato Agir como dono do negócio, de parar para pensar e refletir que se aquele negócio fosse dele, ele agiria daquela forma? Não dando retorno, esquecendo-se do cliente e principalmente deixando de faturar aquele montante?

Do outro lado da mesa, ao tomar conhecimento sobre esses números, muitos chefes iriam demitir sem pensar esses colaboradores, outros iriam ter aquela conversa nada agradável, o chamado Feedcraw! Julgando e apontando o erro das pessoas como uma ferida de forma destrutiva.

Alguns iriam tentar entender o porquê e mostrar as consequências desses porquês, tanto positiva quanto negativamente.

Somente poucos iriam chamar esse colaborador, mostrar o quanto ele é importante para o negócio, o poder que ele tem em suas mãos e o quanto ele está disposto como Líder a desenvolvê-lo como profissional, treiná-lo para aproveitar e criar novas oportunidades,  desenvolvendo uma nova abordagem comercial, dando atenção ao cliente de maneira única, criando um relacionamento de confiança duradouro e não só trazer esses R$ 720.000,00 aumentando a régua e principalmente de forma interdependente, construindo juntos em parceria como poderiam atingir R$ 1.000.000,00.

Pode parecer que esse último exemplo foi tirado da terra do nunca ou até dos contos de fadas, mas é ele que poderá se aproximar de uma pessoa comum e junto dela construir resultados  extraordinários.

Sua empresa ou área pode estar passando por isso e qual será sua decisão de agora em diante? Fazer o mínimo como dar retorno a um cliente é tão básico que até você como líder pode estar negligenciando não dando o devido retorno para seus liderados.

Como líder, se você quer que sua equipe esteja mais próxima de seus clientes, comece por você estando mais próximo e entendendo sua equipe.

, , ,

Seja Você a Mudança que Quer Para sua Equipe

Como criar, cultivar e aprimorar os resultados de uma equipe de alta performance, transformando de maneira prática um grupo de pessoas com variados perfis e preferências em um time alinhado ao mesmo propósito?

A pergunta mais efetiva não é como transformar o outro, e sim como posso fazer a diferença influenciando a todos positivamente.

Siga os 09 passos para você melhorar os seus resultados.

Antes de começar, lembre-se de que dicas são dadas para quem quer acertar ou corrigir uma coisinha aqui ou ali, enquanto passos são norteadores para você sair de onde está e chegar aonde quer chegar.

01º Um novo integrante? Ou UM INTEGRANTE NOVO!

Algumas pessoas integram equipes e não param para pensar por um instante em seu papel ali. Vou ser apenas mais uma pessoa na posição? Ou irei fazer a diferença, tendo 100% de compromisso em todas minhas ações para tornar-me uma referência?

02º Criando Confiança

De nada adianta querer apenas fazer a diferença se você não procurar ter proximidade com sua equipe. Saiba o que cada um espera e deseja de você e o que você espera de cada um deles.

Isso irá aproximar cada pessoa mais e mais de você, garantindo que nenhuma falsa expectativa seja criada gerando frustrações e desmotivação.

03º Frontalidade

Tenha a frontalidade com sua equipe. Experimente discutir problemas, soluções, ideias e feedback de forma assertiva e com mão dupla. Esse nível de comunicação permitirá um aumento na precisão da informação, baixo índice de ruídos e que a rádio peão não tenha mais assuntos ou sua audiência aumentada.

04º Estrelas e Anônimos

Algumas equipes possuem pessoas com experiências, níveis culturais e valores bem variados. Com isso, criam-se estrelas querendo brilhar mais perante os parceiros de equipe.

Acabe com isso e mostre que a diversidade é uma arma poderosa, e a complementaridade pode ser a chave para todos brilharem juntos.

Procure aprender com pessoas que possuem como pontos fortes competências e comportamentos que você possui como pontos fracos, e se possível faça o inverso, complementando o que você tem como ponto forte o que as pessoas possuem como pontos fracos.

A estrela maior deve ser a equipe e não quem a compõe! Todos são iguais!

05º Em constante desafio

Para sua equipe crescer, desafie-a diariamente. Todos buscamos ser referência, e para isso acontecer, saia da zona de conforto, inove, arrisque e principalmente tire da mente que “Time que ganha não se mexe”.

Quando entrar um novo integrante em sua equipe, não o encare como oponente e sim como parceiro que pode somar.

Um bom exemplo que pude ver recentemente vem do Grupo O Boticário. Um de seus princípios é o de “Buscar o melhor para Todos”.

Equipes perdem muito tempo fazendo sempre as mesmas coisas e querendo resultados diferentes. Faça coisas diferentes e terá soluções inovadoras.

06º Compartilhe o destino Certamente, todos já passaram ou viram um saguão de aeroporto composto de muitas pessoas com passagens para diversos lugares. Sua equipe não é diferente, garanta que todos tenham suas passagens para o mesmo destino! Isso é de extrema seriedade e de profunda reflexão conjunta: “Onde queremos chegar como equipe? Qual a meta? Estágio? Maturidade? Quanto isso é importante para nós?”.

Trazendo isso para você, qual o destino de sua passagem?, Onde você quer chegar? Como? E quanto isso é importante para você?

07º Envolvimento

Um jogador teve uma grave lesão no joelho, e esse momento drástico e doloroso em sua vida certamente foi ímpar, quando as incertezas e medos estavam presentes. Seu técnico, nada mais, nada menos que José Mourinho (na época do Chelsea), vestiu o jaleco branco e fez questão de estar presente na cirurgia para representar força, comprometimento e envolvimento, e a mensagem foi bem clara: “Estamos aqui! Cura-te e volta, estaremos te esperando”.
Assim como o ditado da amizade, é nas horas mais difíceis ou adversas que percebemos quem faz a diferença e está envolvido conosco ou não.

Não espere o momento adverso, envolva-se já!

08º Treinamento

Treine como campeão, pense como campeão e tenha comportamentos de campeão. Procure treinamentos com métodos experienciais que possam refletir no treinamento a analogia perfeita com o dia a dia.

É preciso investir horas de treinamento para ganhar anos de resultados. Um líder que usa o tempo como desculpa para não treinar sua equipe possui duas verdades, a primeira é que seu tempo como líder está se acabando, e a segunda revela que realmente sua equipe precisa muito de treinamento.

09º Em Construção

Após escrever os 8 passos anteriores, fiquei em dúvida do que colocar como 9º passo e por isso convido você a compartilhar a reflexão de que não existe um 9º passo sem o 8º, 7º, 6º e assim por diante.

Algumas pessoas não devem buscar o 9º e sim dar efetivamente o primeiro!

O primeiro passo do integrante de uma equipe não depende de ninguém a não ser do maior interessado no seu sucesso: VOCÊ!

Tem uma frase que define isso muito bem: “As pessoas enxergam quem você é através de seus comportamentos”.

O que elas podem ver e dizer sobre você dentro das diversas equipes que está inserido?

Família, trabalho, comunidade e outras muitas equipes…
“Não tenho medo nenhum do futuro. Tenho uma grande confiança em mim e nos meus conhecimentos. Sei que posso fazer a diferença e que posso vencer.” (José Mourinho, 2000).
SEJA VOCÊ A MUDANÇA QUE QUER PARA SUA EQUIPE.